Concursos Policiais 2020: Sai lista solene com os editais previstos para o ano de 2020


O ano de 2020 promete. Acontece que diversos concursos estão previstos e, alguns, já contam com os trâmites muito adiantados. Um dos mais aguardados é o concurso Polícia Federalista, que tem mais de 800 vagas solicitadas. A seleção visa oferecer oportunidades para os níveis médio e superior, contemplando diversos cargos.

Outrossim, há o concurso da PRF, além dos concursos estaduais para Polícia Militar e Social.

Concursos Nacionais 2020

1- Polícia Federalista

Até o momento, são 834 vagas já solicitadas, através de dois pedidos de concursos. As vagas são para superfície policial e também administrativa, com possibilidade de vagas em cargos de ensino médio e superior.

Em junho, a Polícia Federalista confirmou o novo pedido de concurso ao Governo, porquê foi feito em cada ano, até o dia 31 de maio, prazo limite.

Naquela ocasião, a corporação não confirmou os cargos. Em agosto, a diretora de Gestão de Pessoal substituta, Vanessa Gonçalves Leite Souza, informou que a Polícia Federalista protocolou demanda para cargos de níveis médio e superior, das áreas Administrativa e Policial. A informação foi obtida publicamente em resposta no Portal de Entrada à Informação.

Dos pedidos de concursos feitos, somente um, até portanto, teve a sua demanda de vagas confirmada, naquela ocasião. Segundo o representante da Polícia Federalista, um dos pedidos de concurso enviado ao Ministério da Economia tem o objetivo de preencher 600 vagas de agente policial.

O missão de Agente Policial exige nível superior em qualquer superfície e carteira de habilitação. Os salários chegam a R$12.441,26.

Curso Requisitos Remuneração
Agente Administrativo Nível médio completo R$4.710,76
Projecto Peculiar de Cargos da PF Nível superior em várias áreas R$5.554,87
Agente Policial Nível superior em qualquer superfície + CNH R$12.441,26

O envio de pedido de concurso para o missão de agente administrativo também foi confirmado, além de outras funções da superfície administrativa, de nível superior.

No final de agosto, o presidente da Federação Pátrio dos Policiais Federais (Fenapef), Luis Antônio Boudens, revelou que o pedido da superfície de base foi feito para um totalidade de 234 vagas.

Para agente administrativo, é exigido nível médio. O salário do missão é de R$4.710,76 mensais. Para nível superior, poderão ser contempladas várias áreas, com salário inicial de R$5.554,87.

2- PRF

A Polícia Rodoviária Federalista segue no aguardo de autorização para lhaneza de um novo concurso (Concurso PRF) para superfície de base e policial. A Federação Pátrio dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) também espera por um aval positivo do governo federalista para 2020.

Ao todo, são 4.435 vagas em estudo para superfície Policial e de Base. O torneio segue em estudo no Ministério da Economia, pasta responsável por autorizações de concursos no contexto federalista.

Segundo o diretor de Informação da FenaPRF, Raphael Casotti, a FENAPRF luta incessantemente pelo aumento do efetivo de policiais rodoviários federais. “É uma taxa permanente que desenvolvemos por confiar que o maior beneficiado é a própria sociedade brasileira. E a sociedade clama por segurança pública eficiente e de qualidade. Temos resiliência na mostra da urgência de se substanciar os quadros da PRF, até chegarmos a um efetivo capaz de atender integralmente a demanda em todas as rodovias e estradas federais e áreas de interesse da União”.

Segundo o sindicalista, por lei, a PRF poderá ter até 13.098 policiais em atividade no país. “Estamos sempre atuando, em todos os governos, para levar essa taxa de contratação de servidores com regularidade”, garantiu. Sem a reposição de pessoal, cresce também o quantitativo de aposentadorias no órgão.

“Temos conhecimento de que a ingresso do último concurso praticamente se equipara com as saídas por aposentadorias nesse período, mantendo o nível de alerta em subida, para o governo e para a sociedade, da urgência de se manter o processo de reposição do efetivo da PRF”, sinalizou.

Concursos Sudeste 2020

1- Polícia Social (RJ)

Polícia Social do Estado do Rio de Janeiro foi autorizada no dia 11 de novembro a publicar um novo edital de concurso público (Edital Concurso Polícia Social PC RJ 2019/2020) para o preenchimento de 864 vagas. O documento foi publicado no Quotidiano Solene do Estado. As oportunidades serão destinadas para níveis fundamental, médio e superior.

Os preparativos do novo edital avançaram no dia 13 de janeiro. O processo do concurso chegou na Partilha de Recrutamento e Seleção, pasta que concederá deliberações importantes para escolha da secretária organizadora, porquê por exemplo, se as participantes cumprem os requisitos básicos para emprego das etapas do concurso.

Segundo informações da Assessoria de Prelo da corporação ao site Folha Dirigida, sete bancas enviaram suas propostas de preço. Os nomes das instituições não foram informados, uma vez que são tratados com o maior sigilo provável.

Ao todo, serão duas licitações para escolha da secretária, sendo um para representante e outro para os demais cargos. É provável, no entanto, que uma mesma secretária vença as duas licitações para organizar o concurso. Segundo o documento, as instituições que apresentarem planilha de custos de forma válida deverão encaminhar envelope lacrado atendendo aos requisitos gerais e específicos, previstos no termo de referência, até o dia 30 de dezembro.

As vagas do concurso PC-RJ 2020 foram autorizadas para os cargos de Procurador (47 vagas); Perito Legista (54 vagas), Inspetor (597 vagas), Investigador (118 vagas), Perito Criminal (20 vagas), Técnico de Necropsia (16 vagas) e Facilitar de Necropsia (12 vagas).

Em junho, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, assinou a portaria autorizativa com 1.000 vagas. Na ocasião, o encarregado do executivo estadual revelou  distribuição das vagas que trazia porquê novidade os cargos de investigador e perito criminal.

2- Polícia Militar (RJ)

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro vai transfixar um novo edital de concurso público (Concurso PM RJ 2020) para Soldados ainda levante ano. A confirmação é do governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, na manhã desta segunda-feira, 20 de janeiro.

“Estamos nos preparando para fazer um novo concurso levante ano para mais 2 milénio vagas e assim reconstituir a Polícia Militar”, disse o governador no seu primeiro oração solene levante ano.

Segundo o Governador, os milénio novos soldados foram às ruas em 2019 e outros 1.200 convocados do último concurso da PM-RJ, realizado em 2014, já estão em formação. Segundo Witzel, todos os demais remanescentes serão chamados nos próximos meses.

“Estamos reformando o Núcleo de Formação de Praças e nos preparando para convocar todos os demais aprovados (concurso PMERJ 2014). E assim reconstituir a Polícia Militar”, afirmou.

Para concorrer a uma das vagas de Soldado da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ), o candidato deverá ter idade compreendida de 18 (dezoito) anos na data de matrícula e 30 (trinta) anos até a data limite do período de letreiro; ter concluído o Ensino Médio ou estar concluindo, de forma que esteja concluso até a data prevista em edital para a temporada de Pesquisa Social; carteira Pátrio de Habilitação (CNH), exceto somente Categoria “A”; e para candidatos do sexo masculino, ter profundidade mínima de 1,65m; e para candidatos do sexo feminino, ter profundidade mínima de 1,60m.

Durante o curso, a remuneração inicial é de R$2.213,62. Posteriormente a formatura, o valor passa a ser de R$3.452,55.

3- Polícia Social (SP)

Polícia Social do Estado de São Paulo foi autorizada a transfixar um novo edital de concurso público com 2.939 vagas em diversos cargos da corporação. A confirmação veio através do despacho do governador do Estado, João Dória, publicado no Quotidiano Solene do Estado de 04 de junho.

No momento, a corporação está na temporada de escolha da secretária organizadora. A corporação informou ao site Folha Dirigida no dia , através da sua assessoria de prelo, que a contratação da empresa já está em curso. Segundo a pasta, os projetos dos editais também estão em elaboração, muito porquê os nomes dos servidores que vão criar comissões examinadoras, responsáveis por elaborar as provas e corrigi-las, quando necessário.

“A Polícia Social informa que os projetos de editais e escolha das bancas estão em curso, assim porquê a contratação da empresa organizadora de combinação com a Lei Estadual 10.882/2001”, diz em nota ao site Folha Dirigida.

O governador do Estado, João Dória, já afirmou que em seu governo um dos focos é a melhoria na segurança pública e garantiu que irá aumentar o efetivo da corporação abrindo novas seleções. Segundo o novo encarregado do executivo estadual, serão abertas 8 milénio vagas durante seu governo. “Vamos transferir para as ruas os 6 milénio agentes que hoje fazem escolta de presos. Isso vai ampliar imediatamente o atendimento à população. Depois, faremos concursos públicos para 13 milénio policiais militares e 8 milénio policiais civis. Mas será uma ampliação gradual”.

O edital do concurso da Polícia Social PC/SP 2020 foi autorizado para os cargos de Investigador (900 vagas), Escrivão (1.600 vagas), Procurador (250 vagas) e Médico Legista (189 vagas).

4- Polícia Social (MG)

Polícia Social do Estado de Minas Gerais pode transfixar um novo edital de concurso público (Concurso PC MG 2020) em breve. A corporação começou os estudos técnicos para verificar se é viável transfixar editais para cargos policiais e administrativos. O objetivo, conforme informações da instituição, é transfixar vagas para médico-legista, perito criminal, crítico e técnico administrativo, as mesmas carreiras do concurso público realizado em 2013. As informações foram passadas ao site Folha Dirigida.

Ainda segundo informações da Polícia Social, os estudos para o novo concurso observam os parâmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal. Ainda não há uma previsão para lhaneza do concurso público.

Para concorrer ao missão de Médico Legista, o candidato deverá ter nível superior completo em Medicina. O salário inicial do missão é de R$8.874,60.

A curso de Perito Criminal também exige nível superior. O salário inicial é de R$8.874,60.

O missão de Exegeta da Polícia Social requer nível superior e, a depender da superfície, pode exigir especialização. O salário é de R$2.782,16. Para curso, as vagas podem ser distribuídas entre várias áreas, porquê Ciências Contábeis, Recta, Estatística, Tecnológica, Biblioteconomia, Cerimonial, de Relações Públicas, de Informação, de Informação, Gestão, Logística, de Engenharia e Arquitetura, Ensino, Saúde e Psicossocial.

O missão de técnico exige nível médio completo ou nível médio/técnico. A remuneração inicial é de R$1.530,18.

5- Polícia Militar (SP)

A Polícia Militar do Estado de São Paulo vai transfixar novos editais de concursos públicos (Concurso PM SP). Foi divulgado no Quotidiano Solene do Estado, edição do dia 25 de janeiro, o documento autorizativo para o novo torneio da corporação. Ao todo, foram liberadas mais de 5.600 vagas, com provimento de vagas já a partir de dezembro de 2020.

Os editais de concurso PM-SP foram autorizados, ao todo, com 5.605 vagas, distribuídas entre os cargos de Segundo Tenente Médico PM (41), Aluno Solene PM (130), Soldado PM (5.400), Segundo Tenente Dentista (26), Segundo Tenente Veterinário PM (02) e Segundo Tenente Farmacêutico PM (06).

Ainda segundo o texto autorizativo, os editais serão publicados conforme sequência das vagas supra. Os provimentos das vagas vão ocorrer já a partir de dezembro de 2020, no caso do segundo tenente médico.

Para o missão de Soldado da PM-SP estão previstos dois concursos, com 2.700 vagas distribuídas para cada edital. Segundo o texto de autorização, de combinação com o aval, uma das seleções terá convocações em maio de 2021 e a outra para novembro de 2021.

São requisitos para a letreiro no concurso público de Soldado: ter o ensino médio; ser brasílico; ter idade mínima de 17 (dezessete) anos; ter idade máxima de 30 (trinta) anos; ter estatura mínima, descalço e revelado, de: 1,55 m (cento e cinquenta e cinco centímetros), se mulher; 1,60m (cento e sessenta centímetros), se varão; e possuir retraído a taxa de letreiro prevista neste Edital.

O missão de Soldado tem salário de R$3.164,58. Posteriormente o estágio probatório, na graduação de soldado de 1ª Classe, a remuneração passará a ser de R$3.497,00.

Já o missão de Solene tem o nível médio porquê requisito, idade entre 17 e 30 anos e profundidade mínima de 1,55m para mulheres e 1,60m para homens. Para o posto de tenente é preciso ter graduação na superfície de interesse.

O aluno-oficial terá salário de R$3.116,76 e, posteriormente o estágio probatório, já no posto de 2º tenente, a remuneração passará a ser de R$6.726,10.

Concursos Nordeste 2020

1- Polícia Social (BA)

Um novo edital de concurso da Polícia Social do Estado da Bahia (Concurso PC BA 2020) será divulgado ainda levante ano. No Papo Correria, o Governador do Estado, Rui Costa, confirmou, ao responder um seguidor, que o edital da PC-BA seria divulgado em sua gestão.

Inicialmente, o governador confirmou o edital para o segundo semestre de 2019, o q ue acabou não se cumprindo. A expectativa é que o edital seja publicado no primeiro semestre de 2020. “Sim, nós teremos concurso levante ano, da Polícia Militar, da Polícia Social, essas duas estão confirmadas. Devemos ter concurso também para Embasa. Em breve publicaremos o edital,” disse Rui.

Em fevereiro, Rui Costa disse que um novo torneio seria realizado, já que o último teve o número de aprovados inferior do número de vagas. Outrossim, o governador publicou no segundo semestre o concurso da PM-BA.

A expectativa é que o edital do concurso da Polícia Social/BA seja divulgado para os mesmos cargos do edital divulgado no início de 2018. Na ocasião, o edital contou com vagas para os cargos de Procurador, Investigador e Escrivão.

2- Polícia Social (AL)

A expectativa de lhaneza do edital de concurso da Polícia Social de Alagoas (Concurso PC AL 2020) é grande. Durante o proclamação do edital da Sefaz AL, o governador Renan Fruto revelou que o concurso da corporação será divulgado no início. Segundo ele, já existe um combinação com a categoria para a realização da seleção.

“Não desistimos do concurso da Polícia Social, vamos fazer também. Aliás, é um combinação nosso com a categoria, a gente precisa fazer para representante e agente. Portanto no ano que vem, provavelmente já no início do ano, teremos o concurso”, disse o governador.

Durante transmissão ao vivo no dia 27 de maio, o governador já havia revelado que iria fazer novos concursos para os cargos de agentes de polícia e delegados. “Vamos realizar os concursos para aumentar o efetivo de agentes de polícia e delegados. Há muitos anos Alagoas não faz concurso para a Polícia Social e não fizemos no primeiro Governo. Chamamos uma suplente técnica de agentes. A teoria é fazer o concurso no segundo semestre deste ano”, disse.

No caso de representante, deve ser enviado à Plenário Legislativa do Estado um Projeto de Lei que modifica o entrada à curso. “Para o concurso para delegados, nós vamos modificar a Lei de Acessos, já combinado com a própria categoria e a Rancho. Isso vai produzir uma novidade tira de delegados e possibilitar a ingresso de delegados no Estado com subida para a segunda tira num limitado espaço de tempo, melhorando bastante a requisito de o Estado fazer novos concursos. Vamos mandar o projeto no próximo mês para a Plenário Legislativa aprová-lo antes do recesso legislativo”, explicou o governador.

A convocação de novos profissionais tem objetivo de promover maior segurança no Estado. “Segurança pública se faz, sobretudo, com investimentos em lucidez, com mais presença nas ruas e com mudança de postura. Esse é o nosso trabalho. Fortalecer a Polícia Social e a Perícia Solene vai sublevar a capacidade investigativa que, ao meu ver, é fundamental no sentido de quebrar a roda do transgressão, que é manteúdo sempre pela impunidade”, disse Renan.

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas – Sindpol, junto ao Procurador Universal da PC-AL, buscam aumentar o número de vagas do concurso devido ao déficit de servidores na corporação. Atualmente a PC AL tem um efetivo de 1.600 Delegados e Agentes.Desses, 600 deles já podem solicitar aposentadoria, o que confirma a urgência de um torneio com urgência.

O Governador do Estado, Renan Fruto, já havia confirmado o torneio em evento realizado no dia 04 de fevereiro. Na ocasião, ele também confirmou que os preparativos para lançar o edital da corporação já haviam sido iniciados. Outrossim, o governador confirmou o edital para Perícia Solene.

Para Polícia Social, estão confirmadas vagas para o missão de Agente, que requer nível superior em qualquer superfície, e Procurador, com exigência de nível superior em Recta. A expectativa é que o edital não demore de ser divulgado.

3- Polícia Militar (AL)

Magnífico notícia. A Polícia Militar de Alagoas vai transfixar um novo edital de concurso público (Concurso PM AL). Na segunda-feira, 05 de agosto, o governador do Estado, Renan Fruto, anunciou que o edital da corporação será lançado ainda no segundo semestre deste ano. O edital tem previsão de ser divulgado com 500 vagas.

“Estamos concluindo a convocação da suplente técnica do concurso da Polícia Militar de 2012. E, logo que essa lanço for fechada, vamos lançar, ainda neste segundo semestre, outros três editais para substanciar as Polícias Social e Militar e a Ressocialização. Com isso, abriremos concursos para delegados e agentes da Polícia Social, soldados da Polícia Militar e agentes penitenciários”, afirmou Renan em entrevista coletiva no Palácio dos Palmares, em Maceió.

“Os novos concursos formam uma agenda muito importante para quem estuda, para quem deseja ser servidor público e também para a sociedade, porque é uma agenda de renovação da força de trabalho do Estado, no sentido de seguir elevando a qualidade das políticas públicas prestadas, com mais policiais nas ruas, mais professores nas salas de lição, novos profissionais para os novos hospitais que estão em construção e serão entregues nos próximos anos. Mais profissionais para atuar na área-meio do Estado, na arrecadação, de maneira que muita gente tem interesse nisso”, disse o governador.

4- Polícia Militar (CE)

A Polícia Militar do Estado do Ceará tem expectativa de transfixar um novo edital de concurso público (Concurso PM CE) neste ano. O Secretário de Segurança Pública e Resguardo Social do Ceará (SSPDS), André Costa, anunciou na TV Cidade que o concurso deve trespassar ainda levante ano.

O governador, Camilo Santana, durante uma transmissão ao vivo no dia 02 de abril, em sua página no Facebook, falou sobre a lhaneza do novo torneio da corporação.

“O patente é que contratarei nos próximos quatro anos de governo novos policiais militares para melhorar e ampliar o efetivo,” disse o encarregado do Executivo estadual. Camilo estava aguardava até o último dia 31 de março por uma resposta da Procuradoria Universal do Estado para saber se poderia invocar remanescentes de concursos já realizados. Se recebesse uma resposta negativa, o governo informou que iria transfixar um novo concurso.

Ainda de combinação com o governador, ainda não há uma decisão final, uma vez que decidiu realizar uma consulta externa e está aguardo dos resultados. A expectativa é que em breve uma posição final seja tomada.

A data exata de publicação do edital e o quantitativo de vagas ainda não foram revelados pelo governador. No entanto, ele garantiu que a segurança pública do estado será reforçada, já que existem editais da Polícia Social e para a Perícia Judicial já em elaboração. O concurso da Polícia Social é o mais avançado neste momento.

O secretário de Segurança Pública e Resguardo Social, André Costa, já havia confirmado o objetivo de lançamento do novo edital. Na ocasião, ele afirmou que a Secretaria aguardava que a Procuradoria Universal do Estado defina se novas turmas do último torneio, realizado em 2016, poderão ser chamadas ou não. “Estamos aguardando definição da PGE sobre o solicitação de novas turmas do atual edital. Caso não seja autorizado, trabalharemos em um novo edital”, disse o titular da pasta em sua rede social.

O Secretário ainda frisou que o governo está investindo e trabalhando fortemente para que a turma quatro dos praças da PM, concurso de 2016, acontecesse e para que concluísse o quanto antes. “No entanto, em assuntos jurídicos, a última termo é da PGE e por questões da legislação eleitoral não foi autorizada a nomeação, que deverá ocorrer a partir de janeiro, o quanto antes para que vocês venham para as ruas”, disse.

5- Polícia Social (CE)

É grande a expectativa de realização do concurso público da Polícia Social do Estado do Ceará (Concurso PC CE). Segundo informações da Associação de Delegados da corporação, o edital de concurso seria publicado em novembro de 2019, o que acabou não acontecendo. A expectativa é que o edital será divulgado em 2020.

O torneio está confirmado desde o ano pretérito, quando foi anunciado pelo governador do Estado, Camilo Santana, durante transmissão ao vivo no Facebook

“Acabei de autorizar a Secretaria de Planejamento do Estado para que a gente possa tomar todas as medidas necessárias para anunciar, lançar, um novo concurso público para Polícia Social do Estado do Ceará. Eu tenho compromisso, já tenho repetido isso várias vezes, que quero fazer a Polícia Social do Ceará a melhor Polícia Social do Brasil. E para isso, a Polícia Social tinha um dos menores efetivos proporcionalmente aos estados brasileiros. Durante o meu governo já chamei quase 1.300 delegados, escrivães e inspetores”, disse Santana na estação da autorização do concurso.

O edital de concurso da PC/CE será divulgado com 1.496 vagas deve ser divulgado com oportunidades para os cargos de Procurador, Escrivão e Inspetor de Polícia Social. O concurso para 1.496 vagas foi definido posteriormente um estudo feito por técnicos do governo e uma consultoria contratada. “O quantitativo de vagas para cada missão será divulgado no edital”, disse Camilo.

6- Polícia Militar (PI)

Polícia Militar do Estado do Piauí vai transfixar um novo edital de concurso público (Concurso PM PI 2020). A Secretaria de Segurança Pública do Estado revelou que foram solicitadas mais de milénio vagas ao governo, devendo o edital ser crédulo em março deste ano e não em maio, porquê previsto. As informações foram passadas ao site Folha Dirigida.

“Até março a Secretaria de Segurança deve lançar o edital para a PM do Piauí. O pedido do secretário (de Segurança) Fábio Abreu foi de milénio vagas para soldados da PM e 40 para oficiais“, disse o setor de Informação da pasta.

O Governo do Estado trabalhava com o prazo de publicação do edital até maio. No entanto, a novidade previsão da SSP, o o edital deverá ser divulgado antes, em março. Serão, ao todo, 1.040 vagas para soldados e oficiais.

Em junho do ano pretérito, o comandante universal da PM-PI, Lindomar Castilho, disse que havia um novo concurso visa repor as saídas programadas para os próximos anos. Segundo informações da Secretaria de Segurança, foram solicitadas 1.040 vagas, no entanto, levante número pode mudar, conforme autorização do governo.

A função de soldado da PM PI requer dos candidatos: ser brasílico nato ou naturalizado; possuir profundidade mínima de 1,60 m (varão) e 1,55 (mulher); ter idade minima de 18 anos e máxima de 30 anos no período da letreiro; estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (varão); possuir CNH categoria “AB”, entre outros requisitos.

Concursos Setentrião em 2020

1- Polícia Social (PA)

É grande a expectativa de realização do concurso da Polícia Social do Estado do Pará (Concurso PC PA 2020). De combinação com informações da Secretaria de Gestão do Pará (SEAD), o governo estadual iniciou os procedimentos necessários para a realização de um novo torneio para corporação. Outrossim, a pasta confirmou editais de concursos para Polícia Militar e Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (SUSIPE).

A Percentagem Peculiar de Licitação, através da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplad), revelou que vai realizar uma novidade licitação para contratação de secretária organizadora.

A escolha da secretária organizadora vai ser feita na modalidade concorrência, do tipo técnica e preço. A empresa vai permanecer responsável pela prestação de serviços de planejamento, organização, realização, processamento e resultado final para homologação do concurso PC-PA.

Segundo o aviso de licitação, a reabertura está marcada para o dia 17 de fevereiro, às 9h, na Secretaria de Estado e Planejamento e Gestão – Seplad Sede, localizada na Travessa do Chaco, nº 2350, CEP. 66.093-542 – Marco, Belém-PA. O recebimento das propostas será feito até às 9h do dia 17 de fevereiro.

Posteriormente escolher a secretária, a próxima lanço será a publicação do edital. Em setembro, a corporação confirmou que o edital será publicado com 1.495 vagas. As vagas serão distribuídas entre os cargos de Procurador (265 vagas), Escrivão (252 vagas), Investigador (818 vagas) e Papiloscopista (160 vagas).

No dia 18 de setembro, em sua página no Facebook, a Polícia Social-PA deixou uma mensagem aos futuros candidatos: “Alô, concurseiros. Mantenha foco totalidade nos estudos e nos treinos. Já temos o quantitativo de vagas por missão para o concurso da Polícia Social do Pará”, disse.

2- Polícia Social (AM)

É grande a expectativa de realização do edital do edital de concurso público da Polícia Social do Amazonas (Concurso PC AM).  Foi divulgado no Quotidiano Solene do Estado que os editais da segurança pública do Estado serão divulgados com 1.333 oportunidades. Para Polícia Social o quantitativo divulgado inicialmente, de 424 vagas, segue mantido. Além do concurso, estão previstas vagas para Polícia Militar/AM e Bombeiros/AM.

Foi divulgado no Quotidiano Solene do Estado, a informação de que o torneio da corporação contará com 424 vagas. As oportunidades serão distribuídas entre os cargos de Procurador (62 vagas), Investigador (200 vagas), Escrivão (98 vagas), Perito Criminal (27 vagas), Perito Legista (08 vagas), Perito Odontolegista (03 vagas), Facilitar Perito (16 vagas) e Padioleiro (10 vagas).

Segundo informações da assessoria de informação da Secretaria de Segurança Pública do Estado, o torneio deve sobrevir somente em 2020. No termo de maio, o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Louismar Bonates, disse ao site “Estado Político” que não seria “administrativamente provável” realizar concursos em 2019. Isso porque o estado já atingiu o limite sumo de gastos com pessoal, imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

O Supremo Tribunal Federalista (STF) determinou que a corporação faça um novo concurso dentro do prazo de 18 meses. Com isso, a Polícia intensifica os trabalhos para publicar o edital do torneio e aguarda um aval do governo do estado para dar curso com os preparativos.

Segundo informações do delegado-geral da corporação, Lázaro Ramos, o planejamento do próximo concurso está no aguardo de uma sinalização do Governo lugar. Posteriormente esse aval, é esperado um progresso nos preparativos. Por isso, a corporação ainda não trabalha, ainda, com prazos.

A norma do prazo de 18 meses para lhaneza do concurso foi divulgada em agosto pelo STF. Na ocasião, a galanteio determinou que a corporação realize um novo concurso para a curso de Procurador.A decisão foi julgada no plenário, por maioria dos votos e o prazo será exposto a partir da publicação da ata de julgamento. Os ministros do Supremo acolheram os segundos embargos para modular a decisão do julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade.

Duas normas do Estado já foram julgadas porquê inconstitucionais, pelo veste de unificarem as carreiras de representante e comissário de polícia. O governo chegou a entrar com pedido de recurso e discutir que o concurso ainda não foi realizado por já ter atingido o limite prudencial de gastos com pessoal, conforme a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O prazo de um ano e meio foi atribuído posteriormente o pedido de recurso do governo, que pediu prazo maior para transfixar o torneio.

O ministro do STF, Marco Aurélio, argumentou que não seria cabível o prazo de mais 18 meses. Segundo ele, o estado precisa se programar e realizar um novo concurso para representante da Polícia Social, porque mais de 70 delegacias ficariam sem estes profissionais.

Foi divulgado no Quotidiano Solene do Estado do dia 04 de maio de 2018, que a percentagem universal terá o objetivo de trabalhar na elaboração do concurso, muito porquê escolher uma instituição para organizar o torneio. De combinação com o documento (veja inferior), o grupo de trabalho será formado por José Lázaro da Silva (presidente), Geórgia Soares Pereira Cavalcanti (vice-presidente), Wanderlei Pires da Silva (membro), Maria Linduina de Sena Mendes (membro) e Lia Gazineu Ferreira (membro).

Apesar de não confirmar o número de oportunidades, a expectativa é que o concurso da Polícia Social do Amazonas tenha oportunidades para os cargos de escrivão, perito, facilitar de perito, datiloscopista, representante, investigador, assistente administrativo, facilitar administrativo e investigador. O concurso deve narrar com provas objetiva, discursiva e de capacidade física, além de exames médicos, avaliação psicológica e de títulos. Outrossim, deve possuir um examinação prático de digitação para os cargos de escrivão de polícia e de investigador.

3- Polícia Militar (RO)

A Polícia Militar de Rondônia vai publicar a lhaneza de novo edital de processo seletivo em breve. Foi autorizado pelo portanto Secretário de Estado da Segurança, Resguardo e Cidadania, Ronimar Vargas Jobim, no último sábado, 29 de dezembro, um novo torneio para preenchimento de 68 vagas para curso de Oficiais. O Despacho foi liberado para divulgação nesta quinta-feira, 03 de janeiro.

Segundo o documento, o edital contará com oportunidades para três especialidades:

a) 36 (trinta e seis) para o quadro de Oficiais Combatentes;

b) 28 (vinte e oito) para o quadro de Oficiais de Saúde; e

c) 04 (quatro) para o quadro de Oficiais de Capelania.

4- Polícia Militar (PA)

Polícia Militar do Estado do Pará vai transfixar um novo edital de concurso público (Concurso PM PA 2020) em breve. A corporação divulgou, oficialmente, a retomada do processo de licitação para escolher a secretária organizadora do torneio. O edital vai narrar com 2 milénio vagas para soldado e solene.

O extrato do edital de concorrência foi publicado no Quotidiano Solene do Estado do dia 02 de janeiro.  A Secretaria de Gestão do Pará informa que a reabertura vai sobrevir no dia 19 de fevereiro, às 9h, na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão – sede, localizada na Travessa do Chaco, 2.350, Marco, Belém.

O edital completo está disponível no site de compras do Estado do Pará. A licitação vai sobrevir na modalidade de concorrência pública, em que serão analisadas as propostas de menor valor das empresas interessadas em conduzir o concurso.

Posteriormente a empresa ser definida, o processo vai ser homologado e a mesma terá um contrato assinado. Ainda não informações sobre possíveis interessadas e bancas mais cotadas. A  secretária escolhida vai permanecer responsável pela publicação do edital, além do recebimento das inscrições e da emprego das principais etapas do processo de seleção.

edital de lhaneza do concurso PM-PA 2020 ainda não tem data. Com a reabertura do processo de licitação para escolha da secretária, a expectativa é que o edital seja divulgado no primeiro semestre, conforme informou o governador do Estado, Helder Barbalho.

A fala foi registrada posteriormente um vídeo publicado no Facebook: “Contratada as empresa, iremos iniciar o torneio para que ainda no primeiro semestre (2020) nós já estejamos realizando o concurso, tendo o resultado já para fazer o solicitação dos aprovados. Investimentos que estamos fazendo para melhorar e ampliar a presença de polícia nas ruas com estratégia, com ações ostensivas e fortalecendo a Segurança Pública, recta da população paraense”, disse o governador.

Concursos Sul em 2020

1- Polícia Militar (PR)

Polícia Militar do Estado do Paraná vai transfixar um novo edital de concurso público (Concurso PM PR 2020) com 2 milénio vagas. Nesta segunda-feira, 13 de janeiro, foi publicado no Quotidiano Solene da União a informação de que a Instauração de Base da Universidade Federalista do Paraná (FUNPAR) foi escolhida para organizar o torneio.

A secretária organizadora também vai organizar o concurso para o Corpo de Bombeiros do Paraná com 400 vagas.

“Dos quais objeto é a prestação de serviços técnicos especializados de planejamento e realização de concurso público para provimento de cargos de soldados policiais militares (PM) e soldados bombeiros militares (BM), para a Polícia Militar do Paraná (PMPR). Contratada: Instauração da Universidade Federalista do Paraná para o Desenvolvimento da Ciência, TEC,” diz o texto.

A expectativa é que o editais sejam publicados no primeiro semestre de 2020.

Em outubro, quando autorizou o concurso, o governador também falou sobre a lhaneza do concurso. “Esse era um compromisso assumido que estamos concretizando. O reforço no policiamento vai contribuir para que o Paraná siga perseguindo índices de criminalidade cada vez menores”, disse o Ratinho Júnior durante a assinatura.

No dia 04 de setembro, o governador do Estado já havia anunciado a autorização dos concursos da PM, Polícia Social, Bombeiros e Depen-PR. Ao todo, foram mais de 2.800 vagas autorizadas.

2- Polícia Social (PR)

Polícia Social do Estado do Paraná vai transfixar um novo edital de concurso público (Concurso PC PR) em breve. O governador do Paraná, Carlos Volume Ratinho Junior, revelou que o governo estadual vai transfixar novos concursos públicos no Estado. Na ocasião, ele anunciou que serão abertas zero menos que 400 vagas para corporação. A seleção foi autorizada oficialmente em novembro.

O edital do concurso PC-PR 2020 contará com 400 vagas distribuídas entre os cargos de Investigador (300), Papiloscopista (50) e Procurador (50). No momento, o concurso ainda não tem data para ser publicado. Segundo informações da assessoria da PC-PR, os trâmites estão sob responsabilidade da Secretaria de Segurança Pública (Sesp).

Para concorrer ao missão de Investigador exige formação em qualquer curso de graduação de nível superior e Carteira Pátrio de Habilitação (CNH) categoria B ou superior. O salário é de R$ 5.478,49.

O missão de Papiloscopista também exige nível superior. A remuneração inicial do missão é de R$5.752,41, posteriormente aprovação no concurso público.

A função de Procurador exige bacharelado em Recta. A remuneração inicial passa dos R$13 milénio mensais. Os policiais ainda têm recta a diversos benefícios e gratificações.



Fonte Concurso